GUIA PRÁTICO SOBRE CLASSIFICAÇÃO DE CORES E ENTREVISTA

Neste 24 de dezembro de 2016, o blog deseja a todos um feliz Natal.

Para abrilhantar este tempo natalino, foi concedida uma entrevista da Profa. Mariza Inês, docente da Universidade Federal de Mato Grosso, que lança seu livro:

screen-shot-12-24-16-at-01-58-pm
Livro gratuito sobre Classificação em Cores

BAIXE O LIVRO GRATUITAMENTE: guia-pratico-sobre-classificacao-em-cores-pdf

Portifólio

Nome: Mariza Inês da Silva Pinheiro

Profissão: Professora

Naturalidade: São José do Norte – RS

pp.jpg

Resumo profissional e pessoal: 

Graduada em Biblioteconomia da Universidade Federal de Rio Grande, RS, Mestre em Engenharia da Produção pela Universidade Federal de Santa Maria, RS e Doutora em Documentação pela Universidade Carlos III, Espanha. Experiência em gestão de biblioteca universitária e escolar. Docente no Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Mato Grosso..

 

 

ENTREVISTANDO:

Profa. Mariza Inês da Silva Pinheiro

Perguntas?

  1. Por que decidiu escrever sobre o tema?.

Para disseminar a minha experiência nas bibliotecas escolares de Mato Grosso e por ser um tema com pouquíssimas publicações. É importante divulgar as experiências que deram certo e dar oportunidade de outros profissionais conhecerem essa metodologia.

 

  1. Qual é a principal ideia que o leitor terá ao acabar de ler o livro?

Que é possível organizar uma biblioteca escolar/infantil/pública de forma fácil, na qual se tem uma boa recuperação das obras. Mas para isso deve existir comprometimento do bibliotecário para que a biblioteca não tenha apenas um local organizado, mas que seja uma biblioteca organizada para ser utilizada.

 

  1. Quais as perspectivas que a senhora acha na implementação da classificação de cores nas bibliotecas?

Vejo uma boa perspectiva de que esta metodologia possa ser aplicada em muitas bibliotecas do Brasil, ajudando todos os usuários a obter um acesso rápido as obras bibliográficas. Temos que proporcionar uma nova realidade, deixando a biblioteca organizada e funcional, mudando a imagem de que a biblioteca é um amontoado de livros.  Não devemos esquecer que a biblioteca é um espaço educacional, cultural e social.

 

  1. A Sra acha que a leitura já é suficiente para ajudar o bibliotecário a resolver o seu problema na biblioteca, atraindo a percepção visual das crianças, na classificação de cores?

Cada biblioteca tem uma realidade, tanto de espaço físico quanto de recursos humanos, por isso é bom avaliar juntamente com a gestão da escola a possibilidade da aplicabilidade dessa metodologia com sucesso. Não é só fazer a parte técnica, devemos envolver toda equipe escolar com treinamento e mostrar a importância da organização no processo educacional.

 

  1. Qual é parte do livro que o Sra mais gosta ou acha importante? Tem alguma parte curiosa que se deve ter mais atenção?

Todo o conteúdo do livro é importante, pois a organização funcional é colocada com caminhos e ações. Cada capítulo deve ser lido com atenção para o melhor entendimento e aplicabilidade da metodologia.

Uma boa leitura para este natal!

BAIXE O LIVRO GRATUITAMENTE: guia-pratico-sobre-classificacao-em-cores-pdf

 

Anúncios

Um comentário sobre “GUIA PRÁTICO SOBRE CLASSIFICAÇÃO DE CORES E ENTREVISTA

  1. Pingback: Acesse o livro “Guia prático sobre classificação em cores para bibliotecas escolares e infantis”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s