46 Museus e Bibliotecas que disponibilizam grátis seus conteúdos na internet

Screen Shot 05-07-16 at 02.26 PM

Bibliotecas 

  • WDL – Em um esforço hercúleo da Biblioteca do Congresso e da UNESCO, o WDL contém materiais primários significativos para compreender as culturas ao redor do mundo, todos disponíveis gratuitamente e em uma variedade de idiomas.
  • Biblioteca Miguel Virtual de Cervantes – Um dos maiores e mais conteúdo na web, ele irá encontrar uma grande variedade de categorias, tais como história, poesia, entre outros, todos respeitantes à literatura escrita em espanhol.
  • Projeto Gutenberg – Esta é uma das iniciativas mais importantes que surgiram por voluntários de todo o mundo que fizeram isso possível ter acesso a mais de 20.000 livros digitais, e mais de 100.000, considerando seus sites afiliados para o programa. Todos estes livros estão disponíveis em vários formatos para todos os tipos de dispositivos eletrônicos, onde é melhor não paga nada.
  • Wikisource – Outro projeto importante que surge da Fundação Wikimedia aqui mais de 100.000 textos de domínio público é toda concentrada em formato HTML.
  • Google Livros – Um projeto que começou como um algoritmo de busca simples, hoje, é um dos bancos de dados maiores livros digitalizados lá, isso graças aos seus mais de 10 milhões de ações de um grande número de instituições filiadas.
  • Repositório Digital da Comissão Económica das Nações Unidas para a América Latina e o Caribe das Nações Unidas – Um grande esforço pela CEPAL que permite o acesso a uma grande quantidade de material, onde podemos encontrar documentos livros, monografias, periódicos, séries e de projeto, investigações, conferências e encontros, em que um ponto importante é que é atualizado periodicamente.
  • Mexican Biblioteca Digital (BDMX) – Desde 2010, podemos encontrar aqui uma das fontes de informação mais importantes na história do México, uma vez que é um esforço conjunto do Arquivo Geral da Nação, A Biblioteca Nacional de Antropologia e História, do Centro de Estudos de História do México CEHM-Carso e CONACULTA.
  • Catálogo de eBooks CONACULTA – O Conselho Nacional para a Cultura e as Artes do México (CONACULTA) digitalizou grande parte da sua coleção, que terão acesso a livros de referência, divulgação e várias matérias, como história, arqueologia, antropologia, etnologia, lingüística, entre muitos outros.
  • Espanhol Arquivo Portal – é uma iniciativa do Ministério da Educação, Cultura e Desporto, pretende divulgar Documentário Espanhol Patrimônio Histórico através da Internet, fornece acesso a documentos e imagens digitalizadas de arquivos espanhóis.
  • Biblioteca Virtual de Bibliográfica Heritage – Mais decorrentes do Ministério da Educação, Cultura e Desporto espanhol, o que nos coloca nas coleções de manuscritos e livros impressos que fazem parte do projecto espanhol Património Histórico.
  • Biblioteca Digital do Royal Botanic Garden – Claro que também encontrar bibliotecas especializadas temática, com este caso teremos científico e histórico para aqueles que procuram mais informações sobre o material de planta para alcançar.
  • biblioteca virtual Imprensa histórico Espanhol – A fim de preservar a memória de Espanha, aqui temos acesso a um grande arquivo digital a partir de uma variedade de jornais espanhóis, que têm ajudado o Ministério da Cultura, as Comunidades Autónomas e de outras instituições .
  • Europeana – Um dos mais importantes arquivos digitais na Europa, assim como o apoio dos diferentes países da União Europeia, que são responsáveis pela nutrição é grande biblioteca com mapas, pinturas, livros, filmes e muitos outros itens.
  • Biblioteca Nacional de Espanha – 500 anos de história é o que podemos encontrar em um dos mais importantes arquivos digitais Espanha, onde estamos autorizados a visualizar, baixar ou ler um monte de documentos, arquivos, desenhos, fotografias, mapas, gravuras e muito mais, tudo de graça para ninguém.
  • Harvard Library (HCL) – Uma das mais importantes universidades no mundo também tem digitalizado do seu património cultural, fornecendo acesso gratuito a milhares de fotografias históricas, panfletos, manuscritos, livros, partituras musicais, mapas , e outros materiais exclusivos em poder da universidade.
  • Ciberoteca – surgiu como um projeto da Bancaja Foundation, que irá encontrar acesso gratuito a 45.000 de textos literários, científicos e técnicos, em Além de centenas de bibliotecas virtuais são filiados a conceder o acesso imediato através desta plataforma, que é conhecido como “The bibliotecas da biblioteca “.
  • Ciudad Seva Biblioteca Digital – Fundada por Puerto Rican escritor e professor Luis Lopez Nieves, Ciudad Seva conseguiu para digitalizar milhares de histórias, poemas, romances, teoria, peças de teatro, ensaios e tudo sobre a narrativa.
  • Cibera – Um projecto do Instituto Ibero-Americano (Fundação do Patrimônio Cultural Prussiano, em Berlim) e do Estado e Biblioteca da Universidade de Hamburgo Carl von Ossietzky, Cibera é um esforço único para chegar ao alcance do conteúdo alemão para o espanhol, onde nós encontrar literatura científica, cultura, história, política, economia e sociedade.
  • Biblioteca Digital da Universidade de Berkeley – O pioneiro em iniciativas de digitalização e de acesso público, esta biblioteca é um dos maiores e mais conteúdo nos projetos do mundo. Entre as coleções mais importantes que podemos encontrar livros medievais, assim como o Projeto de American Heritage, única no seu género.
  • Joan Fuster Biblioteca de Eletrônicos de textos – Sem dúvida, a mais importante iniciativa literatura catalã, aqui podemos acessar obras literárias de todos os tempos escrito em catalão, assim como outros poucos que foram traduzidos.
  • British Library – A importância desta coleção é que ele foi o primeiro que fez uso da tecnologia a granel, isso graças à criação do famoso “dispositivo devirar as páginas ‘. Entre sua coleção de milhares de livros, que é sem dúvida o mais consultados no mundo: os manuscritos de Alice no país das maravilhas .
  • do Canadá Acervos Digitais – Um projeto original e interessante porque o Canadá decidiu para reunir em um só portal, mais de 600 projectos de digitalização realizados no país, uma idéia maravilhosa que nos dá acesso a maior parte do património cultural, científica, literária e histórica Canadá.
  • coleções mexicanos – Outra importante iniciativa mexicana que vem do lado da Biblioteca Nacional do México e da Universidade Autônoma do México (UNAM), que reúne a grande maioria dos projetos históricos em país, com milhares de documentários, arquivos fotográficos, videográfica, bibliográfico.
  • Biblioteca Digital Internacional da Criança – é considerada a maior coleção de livros digitalizados para crianças, ele fornece acesso a textos em um monte de línguas, e tem um monte de categorias, que vão desde livros lúdicos, atividades, histórias e leituras entretenimento.
  • A Biblioteca Pública de Nova York – Uma das coleções digitais recém-renovado, que oferece mais de 187.000 imagens de domínio público de fotografias, mapas, cartões postais, gravuras e escritos.

Museus

  • Museu Nacional de Antropologia do México – Uma das primeiras margens altas – imagens digitais de resolução de coleções arqueológicas e etnográficas exibidas no museu.
  • Tecnológico Museu de Viena – Mais de 150.000 fotografou objetos e descrição estendida, desenhos e arquivos antigos, onde podemos encontrar robôs do brinquedo, armas antigas, pianos e outros objetos tecnológicos.
  • O New Museum – Como sabemos, New York é caracterizado por uma grande quantidade de museus, que têm coleções principalmente digitais. O novo museu é um dos mais recentes e reuniu 7.500 obras visuais e escritas de cerca de 4.000 artistas de todo o mundo.
  • Art Institute of Chicago – A partir de coleções de arte romana, arte indiana das Américas e da prata americana para obras de Monet, Gauguin, Matisse e Renoir, o Instituto de Arte de Chicago tem uma das melhores coleções na internet, porque cada trabalho é em elementos interativos, como filtros de raios-x para explorar pequenos detalhes conhecidos de alta resolução e.
  • Freer Gallery of Art and Arthur M. Sackler Gallery, Smithsonian Institution – A maior coleção de arte japonesa podemos encontrar isso aqui, com lotes de trabalhos artesanais e livros ilustrados desde 1760. Este é um dos poucos sites que requerem recorde anterior, mas todo o conteúdo é gratuito.
Freer Gallery of Art
  • Los Angeles County Museum of Art (LACMA) – coleções A do sudeste da grande arte asiática é já disponível on-line, que vai encontrar detalhes e imagens de alta resolução de peças e objetos, como bem como ferramentas para compartilhar nossas descobertas em redes social.
  • A Galeria Nacional de Arte (NGA) – Uma das Mais Incríveis ferramentas on-line para comparar, exportação, visualizar e até mesmo imprimir, é o que nos mostra este catálogo digital que nos dá acesso a um grande arquivo de pinturas holandesas do século XVII.
  • O Museu San Francisco de Arte Moderna (SFMOMA) – Robert Rauschenberg, pintor e artista conhecido por seus trabalhos de resumo e Pop-Art Expressionismo, tem uma grande coleção de esculturas, pinturas, fotografias, gravuras e outras obras em papel, além de 600 páginas Rauschenberg projeto de pesquisa. Tudo isso está disponível on-line gratuitamente através digitalizado e SFMOMA.
  • Seattle Art Museum – O SAM digitalizou a maior coleção de arte chinesa da América, além de para a primeira vez que promove o acesso a testes e investigações que não são exibidos, o que nos dá uma visão mais ampla dessas obras que eles continuam a investigar.
  • Galeria Nacional de arte britânica e arte moderna na Inglaterra (Tate) – A incrível coleção de pós britânica – circuito impressionista conhecido como A Cidade Grupo Camden, possui obras, material de pesquisa, cartas, desenhos, clipes de filmes e arquivos de áudio.
  • Walker Art Center – A Vida Colecções Catálogo tem obras de arte especiais da coleção Walker, de 1958 a 1978, cada um com suas respectivas pesquisas, ensaios, vídeos, arquivos de áudio e filmagens.
  • Metropolitan Museum de Nova York (The Met) – A iniciativa “Um TEM muitos mundos” é um dos mais inovador e interessante sobre coleções digitais, como através de um site interativo especial, podemos admirar mais de 500 peças essenciais de sua grande coleção, também está disponível em línguas diferentes onze, incluindo espanhol.
  • Google Abrir Galeria – Considerado como o projeto mais importante na arte de Internet, Google disponibilizou vários museus e instituições, ferramentas para a digitalização de livros, artigos e vários conteúdos para disponibilizá-los via online. A ferramenta ainda está em beta, mas você pode solicitar um convite para encontrar o seu . Até agora, pouco mais de 30 instituições tiraram partido da plataforma Google de disponibilizar a ninguém todo o seu conteúdo, que incluem: Art Project , momentos históricos , maravilhas do mundo e Instituto Cultural .
  • Museu de Arte Moderna (MOMA) – O MOMA é um dos poucos museus que durante anos tem experimentado com vários formatos de mídia para divulgar suas coleções, algo que eles fazem regularmente (e muito bom) são seus minisites exposições temporárias, oferecendo detalhes que complementam a visita, mas por sua vez, dá-nos uma visão completa para aqueles que não podem comparecer ao museu.
  • Museo del Prado – Sem dúvida uma das referências essenciais da cultura espanhola, aqui temos acesso a todo o trabalho do museu para saber em detalhe com imagens de alta resolução, ver vídeos relacionados e até mesmo baixar cópias digitais.
  • Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia (MNCARS) – Uma grande coleção de arte moderna e contemporânea em uma ampla gama de formatos que variam de fotografias, cartazes, pinturas, vídeos, arquivos de áudio e muito mais.
  • Museu Guggenheim – Grande base de dados digital que reúne mais de 7.000 obras de arte espalhadas pelos museus Guggenheim em Nova York, Veneza e Bilbao, bem como a coleção de Peggy Guggenheim.
  • Louvre – Um dos museus mais importantes em que o mundo não poderia ser deixado para trás, além de ter digitalizado todo o seu trabalho, oferece um passeio virtual muito bem concebido, que leva -nos através do museu e detalhes sobre cada obra.
  • British Museum – O maior acervo digital apresenta há mais de 3,5 milhões de objetos, cada um com duas ou mais fotografias e informações detalhadas.Aqui encontramos verdadeiras jóias londrinos parte do património do país, como bem como trabalhos que pertencem ao antigo Egito, entre muitas outrascoisas.
  • O Museu Hermitage Estado – Outro grande coleção que inclui mais de 3 milhões de peças de museu mais importante na Rússia, que contém pinturas, desenhos, gravuras, retratos e geralmente uma grande quantidade de obras de interesse geral.
  • Museus do Vaticano – Este site também concentram os museus informação localizados no interior do Estado do Vaticano, que nos dá acesso a passeios virtuais, onde você pode desfrutar (sem multidões) de cada uma das magníficas pinturas, murais e obras em geral deste grande legado cultural .

traduzido por este autor MaksonReis:http://www.xataka.com/otros/46-museos-y-bibliotecas-que-han-digitalizado-todo-su-conocimiento-humano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s